domingo, 29 de agosto de 2010

Santa Joana d’Arc, Guerreira do Altíssimo (1)

Santa Joana d'Arc, Notre Dame, Paris, Herois medievais

Luis Dufaur
Escritor, jornalista,
conferencista de
política internacional,
sócio do IPCO,
webmaster de
diversos blogs




O Reino Cristianíssimo da França em 1429 estava prestes a desaparecer. Justamente castigada por Deus com quase cem anos de guerras contra os ingleses, como conseqüência do pecado de revolta contra o Papado, cometido no início do século XIV por seu Rei Filipe IV, o Belo.

Seu território estava reduzido a menos da metade e os ingleses cercavam a cidade de Orleans, última barreira que lhes impedia a conquista do resto do país.

O herdeiro do trono, o delfim Carlos, duvidava da legitimidade de seus direitos, e seus capitães e soldados estavam desmoralizados.

"O Analista de Saint Denis, começando a narração do ano de 1419, escrevia: 'Era de se temer, segundo a opinião das pessoas sábias, que a França, essa mãe tão doce, sucumbisse sob o peso de angústias intoleráveis, se o Todo Poderoso não se dignasse atender do alto dos Céus as suas queixas.

domingo, 22 de agosto de 2010

Festas medievais atraem cada vez mais pessoas na França

Feira medieval de Provins
França abriu uma temporada de festas medievais, comentou a “Livraria da Folha” (02-06-10) . Nelas revivem-se os mercados europeus da “era da Fé”.

Em Provins, na Île-de-France, a Idade Média sobrevive nas fachadas das casas, nas praças, nos prédios públicos, nas ruas e na muralha que cerca a cidade.

Nos dias de festa encontram-se roupas, penteados, acessórios, transportes, utensílios, carroças, cavalos brabantes em trote sobre as pedras do calçamento que lembram a era medieval.


Feira medieval de Provins
Para o jornal “perder-se em meio a este mundo desconhecido é altamente recomendável”.

A tradição medieval está ligada à importante história da região, onde nasceu uma das primeiras manifestações da economia européia.

A feira de Provins atraia mercadores de Itália, Espanha, Flandres, Holanda e Inglaterra.

Em meio às trevas do caos contemporâneo, inúmeros viajantes procuram uma luz imergindo em simulações da vida no tempo em que “a influência da sabedoria cristã e a sua virtude divina penetravam todas as categorias e todas as relações da sociedade civil”, segundo ensinou o Papa Leão XIII.

Desejaria receber atualizações instantâneas e gratuitas de "Glória da Idade Média" em meu email